quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Passarela a baixo custo

Em vez de gastar milhões com passarelas que ninguém utiliza, a Prefeitura resolveu acatar a solução prática proposta pelos moradores da Passagem Santo Antônio, no Souza, para irem direto à padaria, situada no outro lado da Almirante Barroso, sem ter de encarar a longa caminhada (cerca de 100 m) até o semáforo da Tavares Bastos.

A cada manutenção da proteção da ciclovia, essa brecha era fechada... para aparecer reaberta na manhã seguinte! Até que desistiram...


Graças a esse calçamento, os pedestres podem cruzar o canteiro central sem lambuzar seus pés de lama nos dias de chuva


Aqui se pode atravessar em segurança

6 comentários:

Amanda Pinto disse...

Cada vez que eu passo pela Almirante Barroso me sobe uma angústia party monster. Gente com bicicleta na cabeça pulando o gradil "de proteção" da ciclovia, mulheres com bolsas, sombrinhas e crianças se arriscando pra não andar quilômetros pra alcançar uma passarela por entre os carros, ônibus e caminhões enlouquecidos tanto pela velocidade quanto pelo trânsito caótico antes, durante e e depois da rotatória+túnel...
ÊÊÊ urbanização legal!

Depois da "obra" da Duque, onde as faixas de pedestre não coincidem com as placas de concreto que se dispõem ao longo dos canteiros obrigando os transeuntes a atravessarem em qualquer lugar da pista... sinceramente não creio em reformas viárias.
Beijo.

Belenâmbulo disse...

Amanda,
Cada uma das cenas que você citou merece uma postagem.
Pena que nos fins de semana (que é quando tenho mais tempo para ficar à espreita, esperando os flagrantes acontecerem) o trânsito é mais tranquilo. Um dia eu consigo. E quando conseguir, certamente publicarei tudinho aqui.

Valeu pelas sugestões!

Amanda Pinto disse...

Podíamos registrar o que déssemos de qualquer ponto onde ocorrem absurdos e barbeiragens e fazer um post conjugado. Bora?
;D

Belenâmbulo disse...

Bora!!!
Como é que a gente faz? Você vai me mandando as suas fotos? Ou eu envio para você? Meu e-mail está aí do lado.
Já deu uma olhada no "Transito Caótico de Belém" (http://transitoblm.blogspot.com/)?
É um blog especializado nessas barbeiragens.

Abraço

Amanda Pinto disse...

Vou dar uma olhada no blog.
Podíamos registrar aos poucos - naverdade quando desse - até atingirmos números suficientes de barbeiragens pra postar.
Daí faríamos um texto e publicaríamos simultaneamente em nossos blogs né?

Beeeesos

Belenâmbulo disse...

Combinado, Amanda,
É isso aí... aos poucos. Blog não é obrigação, é curtição, concorda? A gente vai falando sobre isso... quando chegar a hora de publicar, saberemos.

Abraço