segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Adivinha onde é?

Três meses atrás, repercuti um desafio bem divertido proposto pelo Xipaia Lafayette (que era do Wordpress, veio para o Blogger, e agora ressuscitou no Wordpress).

Vamos ver se a gente consegue repetir o sucesso da primeira versão.

Quem sabe onde foi tirada a foto a seguir?
(o prêmio para quem acertar, vocês conhecerão amanhã)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Motopublicidade

Imagina o que é uma bicha dessas, fazendo propaganda em alto volume, às seis horas da manhã...
Pior que isso, só mesmo o carro da Liquigás.

Mais uma agressão ao já tão maltratado Código de Posturas do Município de Belém (Lei nº 7.055, de 30/12/1977).

TÍTULO IV - DA POLUIÇÃO DO MEIO AMBIENTE
(...)
CAPÍTULO III - DA POLUIÇÃO SONORA
Art. 63 - Para impedir ou reduzir a poluição proveniente de sons e ruídos excessivos, incumbe à administração adotar as seguintes medidas:
(...)
II - proibir a prestação dos serviços de propaganda por meio de alto-falantes ou megafones, fixos ou volantes, exceto a propaganda eleitoral, nas épocas e forma previstas em lei


segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Calado no Diálogo Aberto

Na quarta-feira passada, recebi, surpreso e desconfiado, um convite por e-mail para participar do tal "Diálogo Aberto" com a governadora. Como não tiveram o cuidado de ocultar os demais destinatários, vi que a mensagem também seguia para alguns figurões da blogosfera paraense.
Só confirmei minha participação após um contato telefônico, afinal teria de me ausentar do trabalho (meu único patrocinador) para poder comparecer ao evento.
Como fui o primeiro a me apresentar, o pessoal da segurança não soube direito o que fazer comigo. A princípio, não me deixaram entrar de carro, e me encaminharam para uma sala (que chamaram de "recepção") um tanto quanto inóspita, bem ao lado da guarita de entrada do Palácio dos Despachos, onde permaneci por cerca de cinco minutos. Então, mandaram-me seguir para outra recepção, na qual seria devidamente orientado. Lá chegando, um senhor bem-intencionado, porém mais perdido do que eu, disse-me que no gabinete da governadora talvez soubessem me informar alguma coisa.

"Ainda bem que já tomei meu café-da-manhã...", pensei.

Na antessala do gabinete, recebeu-me o Sr. Paulo Roberto Ferreira, Secretário de Comunicação, muito amável e solícito.

"A governadora está a caminho. Vamos conhecer a Secom?"
"Ainda bem que já tomei meu café-da-manhã"
, pensei novamente.

- Como foi feita a seleção dos blogs convidados? - até então eu não havia entendido o que o humilde Belenâmbulo faria ali.
- Foram escolhidos por nossa assessoria com base na longevidade e na relevância.
Um ano e pouco de existência... Média de oitenta visitantes diários... Continuei sem entender como fui parar ali...

Então tá...

Aos poucos, o povo foi chegando. Marcelo Marques, do Bacana, com quem troquei algumas poucas ideias... Luiz, do Observatório Eleitoral... Valéria, da Pará Rádio (é isso mesmo?)... A partir daí não deu mais para memorizar o nome de ninguém. Era só um olho-no-olho, um sorriso reluzente de pessoas-vencedoras-de-bem-com-a-vida, um aperto de mão efusivo, e tchau...

Muita gente já me disse que sou meio alesado, demoro para captar as coisas no ar. Pois é... Foi só por essa hora que eu saquei que se trataria de uma entrevista coletiva com a governadora.

"Mas o Belenâmbulo não opina... não fala de política... O QUÉQUEUTÔ FAZENDO AQUI???" - pensei, agora com toda a convicção.

Embora eu tenha minhas opiniões, não sou muito paciente para ouvir conversa de político. Sei bem que, em alguns meios, a palavra (sobretudo a falada) tem muito pouco valor. Prefiro observar as atitudes e tirar minhas próprias conclusões. Minha atuação como cidadão/eleitor resume-se a votar conscientemente, e tentar convencer, através do exemplo, aqueles que convivem comigo a fazerem o mesmo, não necessariamente votando no mesmo candidato.

Que fazer, então? Curtir o momento. Tomar um cafezinho. Ouvir. Ouvir. Ouvir. Fotografar. Fotografar. Fotografar.

A blogosfera já está repleta de relatos.
Zé Carlos do PV: Resumo do café com os blogueiros
Zé Carlos do PV: Café com blogueiros
Estado do Tapajós: diversas postagens
Ananindeua debates: Ana Júlia apresenta as políticas de governo aos blogueiros paraenses
CJK: Breakfast
O Mocorongo: Governadora recebe e conversa com blogueiros
Relato do site do governo

Essa postagem do CJK reflete bem minha percepção a respeito do encontro. Agora, daí a imaginar que seríamos "cooptados" e que os que falam calariam suas bocas - como insinuaram vários comentaristas em postagens como essa do Flanar, ou nas diversas postagens do blog da Franssinete Florenzano - é subestimar nossa inteligência.

Pior ainda foi essa postagem do blog do Deputado Vic Pires Franco (pelo menos aqui ele se identificou), que, pela generalização bem-humorada, porém de mau-gosto, acabou me ofendendo gratuitamente. E eu nunca mexi com ele... Perdeu um voto.

É verdade que a conversa foi superficial, conforme previu o blog do Espaço Aberto ao justificar sua ausência à entrevista, como também é verdade que o diálogo foi aberto. A governadora falou o que quis, e não houve restrições aos questionamentos, os quais foram respondidos de acordo com a conveniência.

O Belenâmbulo não vai mudar sua linha editorial. Entrei mudo e saí calado. Em compensação, as fotos...


Imagina se eu vou me vender por um café...


Eu não era o único paparazzo


Era pegar o microfone e ficar sob a mira das câmeras


Quero uma dessas!!!


Prezados Flanares, aí vai a prova de que o Barretto sorteou as perguntas


Teve alguma grande novidade? Olhem as expressões dos caras que vivem ao lado dela, e tirem suas próprias conclusões



As conversas paralelas estavam tão animadas...


...que até pintou um clima


(Brincadeira bem-humorada, com todo respeito aos envolvidos, pelo amor de Deus!)

Relicário mesmo é aqui

Banca de LP's, defronte ao mercado de peixe, no Ver-o-Peso.


sexta-feira, 20 de novembro de 2009

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Eu não entendo a estética contemporânea

Atendendo à dica do Leitor Atento deixada na caixa de comentários de outra postagem, aí vai mais uma obra de arte contemporânea exposta em nossa cidade, com a anuência da Prefeitura, que certamente zela pelo cumprimento do Código de Posturas do Município de Belém (Lei nº 7.055, de 30/12/1977).

TÍTULO VII - DAS ATIVIDADES EM LOGRADOUROS E VIAS PÚBLICAS
(...)
CAPÍTULO VII - DOS MEIOS DE PUBLICIDADE
Art. 132 - A Prefeitura não concederá licença para locação de anúncios ou cartazes, quando:
(...)
b. pelo seu número e má distribuição se apresentem antiestética
[sic]


Av. Almirante Barroso, próximo à Tavares Bastos

Detalhe da obra

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Quero fazer um gato aí também

No começo da Manoel Barata, ao lado do Bazar Zequinha (colaboração enviada pela Amanda Pinto, ressuscitando a campanha Por uma Belém sem Fios)

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Advogado imbatível



Prezado Dr. Jesus, por favor não me processe por publicar uma foto de seu outdoor sem autorização prévia.
Veja bem, estou divulgando gratuitamente seu trabalho. Quem sabe até não melhora o movimento em seu escritório?
Sei que serei perdoado, pois estou confessando meu pecado.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Boteco do posto

Encostar o carro no posto de combustível... abrir o porta-malas... ligar o som no volume máximo (de preferência ouvindo a última coletânea da Vetron)... tomar umas na loja de conveniência com os amigos... e só depois sair para a balada propriamente dita...

Que mal há nisso?

Posto Shell, na Pedro Álvares Cabral, esquina com Tavares Bastos

Realmente, não vejo nada de errado. Porém o sujeito aí na esquerda da imagem se dirigiu a mim, juntamente com outro (esse sim, um verdadeiro armário) que se aproximava por trás (ui!):

- Qual é o 'sistema' dessas fotos?
- Hã?
- Você é de jornal, de TV, da divulgação de algum evento?
- Não, não...
- Então, por que está fotografando?
- Porque acho interessante esse negócio de o povo transformar posto de combustível em ponto de encontro.
- Ninguém está autorizado a fotografar aqui. Ordens da gerência. Vá embora, por favor.
- Mas... por quê?
- Porque já teve gente aí que usou essas fotos para denegrir a imagem do local.


Agora fiquei curioso...

P.S.: não houve truculência em nenhum momento. Muito pelo contrário (também... com o tamanho do segundo segurança, nem precisa...).

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Zoom nela

Chegando perto da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, graças à teleobjetiva de 200 mm que comprei do Carlos Barretto. Se, além da lente, veio um pouquinho da alma do fotógrafo, já saí no lucro!










quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Olhei para cima II

Gosto do efeito que alguns enquadramentos nos proporcionam... olhando para cima, por exemplo, como já foi feito anteriormente neste blog.

Shopping Castanheira

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

A pisada é essa

Piloto demonstra toda a sua destreza ao capitanear a veloz nau

Foto tirada pelo Ricardo Pacheco, na travessia para Vigia de Nazaré, após fazer uma trilha de moto entre Colares e São Francisco.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Crianças bem-comportadas

Maneira eficaz de garantir que as crianças não vão mexer onde não devem

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Delicadeza IV

Essa postagem foi sugerida pelo Gilberto Rodrigues, através de comentário feito em outra postagem.

Rodovia Augusto Montenegro, no sentido Icoaraci-Belém, ao lado do Kuarup (o acento agudo no "e" fui eu que coloquei)

Veja outros exemplos de delicadeza aqui, aqui e aqui.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Pôr-do-sol na baía do Guajará

É sempre bom deixar uma imagem bonita no topo do blog durante o fim-de-semana. Traz boa sorte.

Até segunda-feira!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Duvido você encontrar a sua

Maneira criativa de o patrão obrigar toda a peãozada a só sair no horário correto.
Não tem como escapar do serviço um pouco mais cedo, principalmente se a sua bicicleta estiver lá no meio.

Estacionamento de bicicletas, na entrada das obras do Condomínio Cidade Jardim II, na Augusto Montenegro

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Alguém na prefeitura lê o Belenâmbulo?

Posso estar sendo precipitado e presunçoso, porém, a exemplo do que ocorreu com outra postagem, novamente foram tomadas providências para um singelo caso publicado no Belenâmbulo.
Há dois meses mostramos o abandono da Rua Mucajás, na Augusto Montenegro. Essa semana, máquinas executam obras na localidade. Que sejam concluídas, pois o prazo já expirou há muito tempo!


terça-feira, 3 de novembro de 2009

Deus ajuda quem cedo madruga

Já fui dormir no domingo disposto a madrugar na segunda. O céu estava limpo e a lua estava linda. Um convite para um passeio fotográfico matinal.
As primeiras horas do feriado foram bem aproveitadas.

Cinco horas: pôr-da-lua sobre o Guajará.

Cinco e meia: o céu começa a clarear, e o Ver-o-Peso já está em polvorosa.


Seis horas: o sol vem surgindo por trás da Catedral da Sé.

Seis e meia: ainda se pode caminhar com relativa tranquilidade no Cemitério de Santa Izabel.

- Você tem sorte de ainda não terem lhe roubado... desfilando com essa câmera pendurada no pescoço! - alertou-me uma senhora que fazia a limpeza dos túmulos.
- Mas... hoje?! - eu já havia sido avisado sobre o perigo nos cemitérios através dos comentários feitos em outra postagem, entretanto acreditei que, num dia de maior movimento, estaria mais seguro.
- Com certeza já tem alguém de olho em você... vão lhe pegar antes que saia do cemitério. - (acho que ela exagerou um pouco no terror)
- É que ainda está muito cedo... - sussurrou-me outra senhora.

Novamente optei pela prudência... Novamente abortei um plano por causa de medo de gente... Triste!