quarta-feira, 26 de maio de 2010

segunda-feira, 24 de maio de 2010

sábado, 22 de maio de 2010

Precisa-se de um revisor

Essa foi a mensagem subliminar transmitida pela primeira página do Diário do Pará de ontem, muito bem captada pelo colaborador Duarte.



sexta-feira, 21 de maio de 2010

O matador

Onze horas... esse foi o tempo que durou o desafio de hoje.
Melhor desempenho que o do anterior, desvendado em menos de duas horas pelo Itajaí do Flanar.

Fernando Sampaio passou por aqui e encerrou a parada.
Um matador, como bem observou o Yúdice em seu Arbítrio...

Eis a foto original

Anda por Belém?

Então me diga onde fica isso:

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Amante profissional

João Gostoso, o pegador do Ver-o-Peso

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Oportunidade de negócio


Se fossem sacolas do Líder, eu até me ofereceria como fornecedor.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Imóveis em extinção

Casas de família

Identificação necessária para quem mora na Riachuelo


Na General Gurjão com Ferreira Cantão. Essa aí, apesar da placa, já estava se tornando a nova cracolândia belenense, segundo informações dos vizinhos

terça-feira, 11 de maio de 2010

Tem coisas que só servem no mesmo dia

Vou aproveitar essa postagem para agradecer a todos os que têm enviado suas contribuições ao blog. Suas fotos e dicas são sempre bem-vindas. Peço desculpas pela demora em publicar tudo o que recebo.

Na madrugada de hoje, recebi essa pérola encontrada pelo Duarte (aquele mesmo que denunciou o fim da linha para o ceguinho, vocês se recordam?). Uma discordância nominal cabeluda (a não ser que estivessem se referindo a um grande acordo), bem na capa d'O Liberal do último domingo...


Na mesma hora, lembrei-me de outra joia, que me fora enviada há quase três meses pelo Gabriel Dias. Adiei... adiei... e acabei perdendo o timing da publicação. Não poderia desperdiçar a chance novamente. Já que queimei O Liberal hoje, agora vai uma do Diário do Pará, para ninguém ficar chateado. Quem quer levar tora?
Diário do Pará, 25/02/2010

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Já estava tudo pronto para 2014

O atraso das sedes da Copa do Mundo de 2014 não é novidade, e já era previsto pelos próprios municípios há semanas.
Das 12 cidades-sede da Copa de 2014, somente quatro começaram as obras principais relacionadas ao Mundial. Belo Horizonte, Cuiabá, Manaus e Salvador são as mais adiantadas.
Esta é a segunda data imposta pela Fifa que não é cumprida. O primeiro prazo estipulado foi dia 1º de março. Diante dos atrasos, a entidade admitiu adiar a cobrança. Até agora, no entanto, ela não decidiu se vai impor alguma sanção aos municípios.

(extraído de notícia do UOL Esporte publicada em 03/05/2010)

Se Belém tivesse sido escolhida como uma das subsedes, esse problema não estaria acontecendo por aqui, como se pode deduzir a partir das matérias publicadas no Portal do Governo em 22/01/2009 e 19/05/2009):

Belém se antecipou às outras cidades candidatas à subsede da Copa do Mundo 2014 e foi a primeira a completar o estudo de pré-viabilidade para adequação de seu estádio, documento exigido pela Fifa.
Ana Júlia Carepa informou que o estudo será encaminhado à Fifa e voltou a afirmar que está confiante na escolha de Belém como uma das subsedes. "Pelas análises técnicas, temos todas as chances para isso. E temos esse diferencial: somos a única cidade a apresentar esse estudo de viabilidade. Vamos buscar Parcerias Público Privadas, onde o governo entra com uma parte do financiamento e a iniciativa privada com outra parte, dando condições para que seja um investimento rentável. Além do que, o Pará é o estado que necessita de menos investimentos para adaptação do estádio, e já estamos realizando as obras de infra-estrutura que são importantes para a região metropolitana, mas que terão impacto na acessibilidade ao Mangueirão, como a duplicação da Transmangueirão."
“O desempenho de Belém está muito bom. Em praticamente sete meses foi feito um trabalho muito rico já entregue para a governadora, com um resumo dos projetos mais relevantes”, avalia Fábio Loyola, consultor da Price.
Loyola acredita que Belém tem muitas chances de ser escolhida devido a alguns fatores: o estádio praticamente pronto, onde será investido somente US$ 95 milhões – a maioria das cidades precisará construir novos; a posição estratégica na Amazônia, como porta de entrada da região, bem como a infraestrutura da cidade, que ainda deve melhorar.


O inspetor Belenâmbulo realizou vistoria extraoficial para a Fifa, durante o repá do último sábado. Vejam algumas constatações:

Vias de acesso ao estádio


Estacionamento confortável...


... e com segurança


Falta apenas construir uma ponte na saída (se bem que havia um projeto de aproveitamento da água das chuvas nas descargas dos banheiros)


Não fotografei a ampla praça de alimentação, nem as modernas bilheterias itinerantes (com um pequeno ágio nos preços), mas garanto que elas existem.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

A única onda do dia

Não dá para deixar passar. Tem de disputar o espaço na base da cotovelada.

A próxima, só de madrugada.

Pororoca de São Domingos do Capim

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Lixo tecnológico

Aguardando a coleta seletiva...

Frutuoso Guimarães com General Gurjão


Bem na frente do prédio onde moro. De repente foi até algum morador que fez isso, do jeito que as coisas andam... não duvido.
Pelo menos deixou o manual junto...

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Vizinhança inconveniente

Padre Prudêncio, entre Riachuelo e General Gurjão

Pérola encontrada pelo Rafael Araújo