segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Calado no Diálogo Aberto

Na quarta-feira passada, recebi, surpreso e desconfiado, um convite por e-mail para participar do tal "Diálogo Aberto" com a governadora. Como não tiveram o cuidado de ocultar os demais destinatários, vi que a mensagem também seguia para alguns figurões da blogosfera paraense.
Só confirmei minha participação após um contato telefônico, afinal teria de me ausentar do trabalho (meu único patrocinador) para poder comparecer ao evento.
Como fui o primeiro a me apresentar, o pessoal da segurança não soube direito o que fazer comigo. A princípio, não me deixaram entrar de carro, e me encaminharam para uma sala (que chamaram de "recepção") um tanto quanto inóspita, bem ao lado da guarita de entrada do Palácio dos Despachos, onde permaneci por cerca de cinco minutos. Então, mandaram-me seguir para outra recepção, na qual seria devidamente orientado. Lá chegando, um senhor bem-intencionado, porém mais perdido do que eu, disse-me que no gabinete da governadora talvez soubessem me informar alguma coisa.

"Ainda bem que já tomei meu café-da-manhã...", pensei.

Na antessala do gabinete, recebeu-me o Sr. Paulo Roberto Ferreira, Secretário de Comunicação, muito amável e solícito.

"A governadora está a caminho. Vamos conhecer a Secom?"
"Ainda bem que já tomei meu café-da-manhã"
, pensei novamente.

- Como foi feita a seleção dos blogs convidados? - até então eu não havia entendido o que o humilde Belenâmbulo faria ali.
- Foram escolhidos por nossa assessoria com base na longevidade e na relevância.
Um ano e pouco de existência... Média de oitenta visitantes diários... Continuei sem entender como fui parar ali...

Então tá...

Aos poucos, o povo foi chegando. Marcelo Marques, do Bacana, com quem troquei algumas poucas ideias... Luiz, do Observatório Eleitoral... Valéria, da Pará Rádio (é isso mesmo?)... A partir daí não deu mais para memorizar o nome de ninguém. Era só um olho-no-olho, um sorriso reluzente de pessoas-vencedoras-de-bem-com-a-vida, um aperto de mão efusivo, e tchau...

Muita gente já me disse que sou meio alesado, demoro para captar as coisas no ar. Pois é... Foi só por essa hora que eu saquei que se trataria de uma entrevista coletiva com a governadora.

"Mas o Belenâmbulo não opina... não fala de política... O QUÉQUEUTÔ FAZENDO AQUI???" - pensei, agora com toda a convicção.

Embora eu tenha minhas opiniões, não sou muito paciente para ouvir conversa de político. Sei bem que, em alguns meios, a palavra (sobretudo a falada) tem muito pouco valor. Prefiro observar as atitudes e tirar minhas próprias conclusões. Minha atuação como cidadão/eleitor resume-se a votar conscientemente, e tentar convencer, através do exemplo, aqueles que convivem comigo a fazerem o mesmo, não necessariamente votando no mesmo candidato.

Que fazer, então? Curtir o momento. Tomar um cafezinho. Ouvir. Ouvir. Ouvir. Fotografar. Fotografar. Fotografar.

A blogosfera já está repleta de relatos.
Zé Carlos do PV: Resumo do café com os blogueiros
Zé Carlos do PV: Café com blogueiros
Estado do Tapajós: diversas postagens
Ananindeua debates: Ana Júlia apresenta as políticas de governo aos blogueiros paraenses
CJK: Breakfast
O Mocorongo: Governadora recebe e conversa com blogueiros
Relato do site do governo

Essa postagem do CJK reflete bem minha percepção a respeito do encontro. Agora, daí a imaginar que seríamos "cooptados" e que os que falam calariam suas bocas - como insinuaram vários comentaristas em postagens como essa do Flanar, ou nas diversas postagens do blog da Franssinete Florenzano - é subestimar nossa inteligência.

Pior ainda foi essa postagem do blog do Deputado Vic Pires Franco (pelo menos aqui ele se identificou), que, pela generalização bem-humorada, porém de mau-gosto, acabou me ofendendo gratuitamente. E eu nunca mexi com ele... Perdeu um voto.

É verdade que a conversa foi superficial, conforme previu o blog do Espaço Aberto ao justificar sua ausência à entrevista, como também é verdade que o diálogo foi aberto. A governadora falou o que quis, e não houve restrições aos questionamentos, os quais foram respondidos de acordo com a conveniência.

O Belenâmbulo não vai mudar sua linha editorial. Entrei mudo e saí calado. Em compensação, as fotos...


Imagina se eu vou me vender por um café...


Eu não era o único paparazzo


Era pegar o microfone e ficar sob a mira das câmeras


Quero uma dessas!!!


Prezados Flanares, aí vai a prova de que o Barretto sorteou as perguntas


Teve alguma grande novidade? Olhem as expressões dos caras que vivem ao lado dela, e tirem suas próprias conclusões



As conversas paralelas estavam tão animadas...


...que até pintou um clima


(Brincadeira bem-humorada, com todo respeito aos envolvidos, pelo amor de Deus!)

18 comentários:

Yúdice Andrade disse...

Já está explicado por que foste chamado, Wagner: para escrever essa piada do "clima"! Cara, eu tive que gargalhar!
No mais, a tua percepção de pessoa que se sente perdida e que, ainda por cima, foi a primeira a chegar, ajuda a perceber - o que já seria de se esperar - que ninguém estava preparado para essa empreitada, daí que os servidores tiveram dificuldades em te encaminhar. Serviço público brasileiro...
Parabéns, também, pelas imagens e por nos disponibilizar links para outros blogs.
Quanto ao Vic, o blog dele é aquilo mesmo: um senso de humor extremado, porém de péssimo gosto. Limita-se a bajular a mulher e a falar bem de si mesmo, sempre naquele tom de nós-somos-abnegados-que-abdicam-da-família-para-ajudar-os-paraenses, além de tacar pedras nos demais. Não vale o teu voto que, como disseste, é consciente.
Um abraço.

Cléoson Barreto disse...

Wagner,
Resumindo: o encontro não passou de uma prosopopéia flácida para acalentar bovinos, é isso? :-)
Um abraço.

Tanto! disse...

Adorei tua visão do encontro! No meu blog também não opino, não gosto de falar de política, e acho que a tua impressão foi a mais vívida, pelo menos para mim, para os meus gostos. Parabens!

. disse...

Não, Cléooson, o convite não foi para "acalentar bovinos". Até pq lá não tinha esse tipo de público.
Foi um encontro como o nome do evento propôs: Diálogo Aberto.

Falou quem quis, perguntaram o que quiseram e ouviram o que ela tinha para dizer.

Houve os que não quiseram se pronunciar também, como foi o caso de Wagner. Muito legítimo. E o espaço foi tão democrático que foi garatindo a ele o direito de ficar calado e fazer as suas fotos, muito bem publicadas, por sinal.

O encontro foi para isso. Cada um publicou as suas impressões sobre o "café".
Democracia é isso!

Cléoson Barreto disse...

Se você ler com atenção, verá que eu não disse que o "convite" foi para "acalentar bovinos", nem tampouco disse que não foi democrático.
Estou me referindo ao resultado do encontro, ou melhor, perguntando sobre os resultados desse encontro, já que não participei dele. Na minha opinião, nada mais natural, já que, onde li (links indicados na própria postagem), não vi nada demais.
Não estou fazendo pouco caso do evento, muito menos dos participantes: não tenho nenhum motivo para isso. Ao contrário, acho que esse tipo de encontro pode e deve se repetir mais vezes.
Em algum momento eu falei, ou dei a entender, que o encontro não foi democrático?
Um abraço.

Carlos Barretto disse...

Ótimo post!
Bem no estilo, da difícil pauta do Belenâmbulo.
Parabéns!

PS: Aliás, eu quero uma daquelas também!
Rsssss

Lafayette Nunes disse...

Wagner, és impagável... e inconpravel... nem com cafezinho! réréré

Ri muito com o "clima" (tal qual o Yúdice). O Cláudio vai ri, tenha certeza (o outro não sei, pois não conheço).

E, porque te convidaram? Tens pouco tempo de blog? Não opinas? Não falas de política? Ora, ora... tás de sacanagem!

Primeiro, um excelente blog pode ser de uma postagem só, criado hoje, agora, nos 10 últimos minutos!

Segundo, tuas fotos, tuas "visões" enquadradas de Belém e do Estado, opinam e falam mais de política que jornais e jornalistas especializados que tem "pelaí".

Rapá, até teu emudecimento FALOU mais que alguns relatos que já li "pelaí"!

Anônimo disse...

Belenâmbulo, só uma discordância: como teu blog não fala de política se podemos ler e muito da política através das fotos que publicas?
Maria Souza

Jeferson Assis disse...

Ei Belenâmbulo, olhe esse link e veja as câmeras fotográficas.

rsrsrsrs

Depois diz o que tu achou delas.
Abraços.



http://blog.uncovering.org/archives/2009/10/nikon_f.html

Jeferson Assis disse...

Rapaz, logo que comecei a ler este post, me deu inveja dos convidados que lá estiveram, mas depois vi que não é bem assim.

Olha, tenho quase certeza que esse tal de "Diálogo Aberto" não foi com a intenção do governo "prestar contas" com a população, mas ACHO que foi com a intenção cooptar os blogueiros.

Sei que vão me meter o cacete quando lerem isso que escrevi, mas é a minha visão sobre este encontro.


P.S > ME APAIXOINEI por este blog.

Romolo Sao Payo disse...

Minha primeira aterrisagem aqui nao poderia ter sido mais agradavel. Voce eh de um humor finissimo e tranquilao.Cara honesto!
Abs. e permissao para pousar por aqui de quando em vez.
R.Sampaio

Anônimo disse...

vc pode até não saber o que foi fazer lá, mas que esse encontro ajudou a dar uma bombada no teu blog, isso ajudou.
Apesar de ser um blog muito legal, ele andava meio esquecido.
O encontro serviu pra vc ser lembrado novamente, né?

Belenâmbulo disse...

Yúdice, Fernando e Barretto,
Ainda bem que consegui manter o estilo. Um desafio, já que tanta gente escreveria sobre a mesma coisa.
O serviço público tem muitos vícios, mas confio muito nos exemplos de dedicação e excelência que eventualmente encontro por aí. A recepção foi meio desorganizada a princípio, porém percebi muita vontade de bem atender. Já é um primeiro passo.
Uma impressão negativa que tive de lá foi o descaso com a segurança. É bem verdade que nossa governadora não é nenhum Barack Obama, mas acho que deveriam ter tomado alguns cuidados, especialmente por se tratar de um evento previamente anunciado na internet. Ou seja, qualquer um poderia se apresentar como blogueiro, mesmo sem ter sido convidado, e entrar sem ser importunado. Não vi ninguém conferir se meu nome estava em alguma lista, não recebi identificação de visitante, nem fui revistado. Eu portava uma sacolinha contendo uma câmera fotográfica, mas poderia ter outras coisas. Após o encontro, acho que poderia ter passado o dia inteiro circulando livremente pelas dependências do Palácio.

Cléoson, Waleiska e Jeferson,
Quanto mais gente numa conversa, menos profunda ela é. "Conversa para boi dormir" são palavras duras, mas refletem o que aconteceu. Eu não esperava resultados práticos mensuráveis desse encontro. Não era esse o propósito. Não iríamos encontrar a solução para o estado durante um café-da-manhã.
No entanto, se o objetivo era demonstrar o reconhecimento à importância dos blogs como meios de comunicação, então o evento teve êxito. A governadora falou o que quis, quem quis perguntar teve espaço para tanto, quem quis fotografar, também. Não houve nenhuma orientação prévia a respeito de assuntos ou condutas a serem evitados. Lá me senti mais à vontade do que num posto de gasolina ou em alguns shoppings, onde tenho sido constantemente impedido de fotografar pelos seguranças.
Se existia a intenção oculta e inconfessável de cooptar a blogosfera, ela foi conduzida de maneira inteligente e sutil. Mas não acredito nisso. Só pessoas muito fracas de caráter mudariam sua opinião assim.
Agora, se a iniciativa foi louvável, eu a elogio, sim, senhor, sem qualquer constrangimento. E isso não significa que eu apoie a governadora irrestritamente.

Jeferson,
Muito firme esse link da câmera!

Lafayette e Maria Souza,
É verdade... talvez eu não perceba por não fazer o blog com essa intenção.

Romulo,
Bem-vindo!
Fique à vontade. Será uma honra para mim tê-lo como frenquentador deste espaço.

Anônimo das 11:16,
Realmente ontem chegou bastante gente nova, e eu confesso que gosto disso.
Com relação ao esquecimento do blog, não sei... Tenho alguns poucos visitantes fiéis que sempre batem o cartão por aqui. É a qualidade que compensa a pouca quantidade.

A todos agradeço pelas palavras lisonjeiras!

Anônimo disse...

Obrigado pelos finos tratos,sobretudo nestes tempos "toscos" que a nossa blogosfera andou rosnando.
R.Sampaio

Frederico Guerreiro disse...

Essa não dá para comentar, para não quebrar o decoro. E já comentando e quebrando.

Belenâmbulo disse...

Rômulo,
Aqui o esquema é paz e amor.

Fred,
Mas eu também acho que esse assunto já se esgotou.
Fico contente que tenha lido o texto. Foi escrito com bastante inspiração.

Abraços

Pacheco disse...

Meu caro, ainda não tinha lido o post daquele idiota do Vic Pires. Ele deve se achar uma Priscila, então, por ser blogueiro (da pior marca: político).

Precisamos de uma campanha para divulgar o humor pejorativo desse parasita acéfalo.

Belenâmbulo disse...

Pacheco,
Acho que essa campanha já foi bastante repercutida na época da postagem. É uma pena que a minoria dos eleitores acompanhe a blogosfera.

Abraço