sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Escola Belenense de Engenharia de Tráfego

Disciplina: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Estudo de caso nº1

Fizeram o Complexo Viário do Entroncamento...


...mas ele congestionou...



...então reabriram o retorno em frente ao Cidade Folia...


...aí parou uma pista da Almirante Barroso, e eles aumentaram a área de escape para o retorno, comendo um pedaço da ciclovia...


... não tem jeito! Daqui a pouco a fila na faixa nº1 vai começar na Tavares Bastos.



Estudo de caso nº 2

Abriram o Conjunto do Basa...



...causando congestionamento no canto da Tavares Bastos com Almirante Barroso, com tantos veículos aguardando para fazer o retorno, e assim atravessar o Conjunto e alcançar a Av. João Paulo II...



...então fecharam o retorno...



...provocando um movimento sincronizado arriscado ao longo da Tavares Bastos!



*** em breve voltarei com as fotos dos acidentes, que certamente acontecerão

9 comentários:

Frederico Guerreiro disse...

Nada do quem tem sido feito surtirá o efeito de um transporte público de qualidade. O que estamos vendo agora é o colapso do sistema viário de Belém, decorrente de dois fatores primordiais: 1- a falta de planejamento na área de transporte público; 2- e a expansão do crédito que facilitou a compra de veículos com parcelas a perder de vista. Hoje qualquer um assalariado pode ter carro, e é o que todo mundo quer, ora pela péssima qualidade do transporte coletivo, ora pelo privilégio do transporte individual. O trânsito nada mais é que o egoísmo somado à incompetência governamental. Em pouco tempo entraremos em colapso total e o carro deixará de ser uma vantagem. Além do mais, a incompetência dos gestores e a falta de uma política pública voltada para o transporte alternativo não entende a bicicleta como um meio de transporte eficiente e ecológico, com relevantes benefícios à população de renda mais baixa, ao meio ambiente, e o que é melhor, à saúde do citadino. Prova disso é a falta de ciclovias, menos dispendiosas que cobrir o solo urbano de asfalto, o que visa principlmente beneficiar quem tem carro. Aqui em Belém a bicicleta é coisa de pobre. Ainda há um certo preconceito em relação a ela. Lamentavelmente, a minha jaz no meu depósito por falta de segurança para utilizá-la. No violento trânsito de Belém ela não tem vez. Soma-se a tudo isso um motorista extremamente mal-educado. Como bem diz a propaganda oficial, "quem faz o trânsito são as pessoas". Não temos povo para ter um trânsito civilizado. E a CTBEL demonstra que não sabe o que fazer. Falta inteligência.

ROBERTO MACEDO disse...

Isso eu conheço desde criança: Na época foi anunciado que a "engenharia de tráfego" de Belém estava sendo cuidada por engenheiros Japoneses. è bem possível, já que não entendem nada de Belém.

Virótica disse...

A Júlio César tem engarrafado horrores! Mas estão resolvendo: vão construir um elevado da Júlio César, um da Pedro Álvares Cabral, e lá em cima colocarão um sinal de quatro tempos...

Lafayette disse...

...calma pessoal. Pô tudo vocês reclamam!

...nada está tão ruim, QUE NÃO POSSA FICAR AINDA PIOR! rsrsrsrs

...aguardem!

Belenâmbulo disse...

Fred,
Concordo com você plenamente. Pouco podemos fazer, a não ser continuar acreditando no voto, e reclamar! Fora isso, o aeroporto está logo ali...

Roberto,
É uma honra tê-lo por aqui. Bem vindo à caixinha de comentários do Belenâmbulo.
Com relação ao projeto dos japoneses, parece ser muito interessante na teoria. O problema é que ainda não foi implementado na prática. Dê uma olhada no link a seguir.
http://blogdoespacoaberto.blogspot.com/2009/03/belem-merece.html

Virótica,
Nossa... vai ser um privilégio ter essa obra única no mundo! KKKKKKKKKKKKKKK... congestionamento de dois andares... essa foi ótima!

Lafayette,
Que alívio saber disso...


Abraços, Wagner

catsmd disse...

Alguém tem esperanças de que esta situação vá mudar? Eu ô achando mt difícil...Mas não custa nada torcer...

Belenâmbulo disse...

Prezada catsmd,

Bem-vinda ao Belenâmbulo!
Também tenho poucas esperanças...
Também continuo torcendo...

Abraço

Professora sim...Tia não... disse...

Por favor oq faremos com as enormes lombadas q os moradores resolvem fazer sem planejamento e os nossos carros e bolso q sofre...no conjnto orlando lobato virou bagunça .em todas as ruas tem mais de cinco lombada...tudo inrregular....

Belenâmbulo disse...

Professora sim,
Bem-vinda ao Belenâmbulo.

Não sei qual seria a via institucional... se acionaríamos a CTBel, ou o Detran, ou o MP... não acredito em soluções rápidas em nenhum dos casos.
O que eu faço é, sempre que possível, evitar trafegar por essas ruas, especialmente as mais escrotas, onde existe um risco maior de ser assaltado ao reduzir a velocidade.

Volte sempre