sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Incorporando novos hábitos alimentares

Quem frequenta este blog há mais tempo sabe que não sou paraense, mas, aos poucos, vou incorporando alguns novos hábitos.

Ainda não o encaro sem açúcar (como eu disse: "aos poucos...")

14 comentários:

Virótica disse...

Não resisti e copiei!
Pareço criança, também quero igual!
Resposta lá no blog! Abraço!

Prof. Alan disse...

Nascido e criado no Pará há 38 anos, também só tomo com açúcar e farinha de tapioca.

Nilson Chaves sintetizou bem essa multidisciplinaridade do açaí: "põe tapioca, põe farinha d'água/põe açúcar, não põe nada/ou me bebe como um suco/que eu sou muito mais que um fruto/sou sabor marajoara!"

O povo mais versátil no consumo do açaí é o cametaense. Em Cametá o povo senta com dois pratos na mesa, na hora do almoço: um com a comida e outro com o açaí. Lá ele acompanha literalmente qualquer coisa...

Lafayette disse...

Alan, parente não sou cametaense, mas faço assim.

Melhor mistura? Um prato de feijão, arroz, farinha "da baguda", e picadinho. Açaí do lado. Uma talagada aqui, outra remada acolá!

Belenâmbulo disse...

Amiga Virótica,
Já conferi e comentei. Adoro fotografar essas brincadeiras de criança!

Alan e Lafayette,
Lembrei-me de quando passei dois dias na ilha do Mutirão, no rio Meruu, em Igarapé-Miri. Ao servirem minha refeição, só perguntaram se eu queria com ou sem açúcar. Ou seja, a cumbuca de açaí já era um imperativo categórico. O outro prato tinha arroz e charque, com farinha "da baguda" (mais uma pro meu vocabulário) à vontade.
Pensa num cochilo bom, depois do almoço!

Abraços

José Maria Amorim Dias. disse...

Uhh,sumano!Dá um pulo lá na feira do ver o peso e pede um açai com pirarucu frito, estalando.É a perfeita conjução do Yn e Yang.

Canalhento disse...

Disgusting!

Yúdice Andrade disse...

Eis o que chamo de batizado paraense! A julgar pelo sorriso de satisfação, já estás irremediavelmente seduzido. Paraense de coração.

PS - Também só tomo com açúcar, não necessariamente com farinha de tapioca. E geladinho.

..... disse...

Nascida e criada na cidade das mangueiras,porém...
Só encaro com açucar.
Há quem diga que quem toma açaí com granola, banana, etc, como o povo de SP,RJ e companhia (risos) é um assassino de açaí, então digo que ainda não sou assassina, só dou uns beliscões nele rsrsrsrs.
(zica)

ANDRÉ BATISTA disse...

paraense,tomo com granola, adoçante, banana e as vezres com leite condensado, não tho preconceitos tolos, se fica bom pra mim ,é o que importa.

Belenâmbulo disse...

Prezados todos,

Aos poucos vou me arriscando em novas experiências gastronômicas.
Quando cheguei aqui, achei muito estranhas as combinações de açaí com farinha, camarão ou peixe.
Concordo com o André. Apenas acho importante que se divulguem as inúmeras possibilidades desta versátil iguaria, mostrando que "açai" é muito mais do que aquela coisinha rala e rosada, que servem nas portas de academias, com granola, banana e outros penduricalhos.

Abraços

Anônimo disse...

Belenambulo e André,
vocês tem toda razão, desculpem pela maneira que expressei minha opnião,não era para parecer um preconceito,lendo e refletindo o comentário que fiz, fui infeliz com as palavras. Logo eu que não tenho preconceitos com nada, ainda mais quanto a cultura e costumes.
Desculpem minha interpretação, um abraço.
(Zica)

Anônimo disse...

Cara, que boca feia mermão...

Belenâmbulo disse...

Ei, Zica, não tem por que pedir desculpas. Você se manifestou e é isso o que importa. Mesmo assim, agradeço pelo esclarecimento.

Anônimo das 0:39 h,
Se fosse bonita vc me beijaria???
Sai prá lá, mermão, que a fruta que eu gosto é outra!


Abraços

Anônimo disse...

Com uma boca dessa a única fruta que tu deves gostar é o açai mesmo. Vai escovar os dentes!!!! he he he he he he he...