sábado, 31 de outubro de 2009

Mortos de cansaço

Voltando do Marajó.
Parece um necrotério, concordam? Pelo menos é assim que eu imagino, já que nunca estive num.

7 comentários:

Carlos Barretto disse...

Ótima imagem!
Feita certamente nas balsas da malfadada travessia.
Com aquele conforto "nota 10".

rssss

Belenâmbulo disse...

Barretto,
Pois é, foi num dos barcos da Banav, que partem e chegam ao Terminal Hidroviário (não são as balsas de Icoaraci).
Olha, o conforto não é nota 10, porém se o barco não estiver lotado (como não estava), acho essa viagem melhor do que a da lancha que sai da Estação das Docas. A lancha, apesar das poltronas numeradas e totalmente reclináveis, balança muito mais e o frio do ar condicionado é de lascar.

Abraço

Lafayette disse...

Caro, esta foto é de prêmio!

Insvreva-a num Arte Pará da vida que você leva alguma premiação, nem que seja, "o do ônibus", mas leva.

Muito boa mesmo!

Belenâmbulo disse...

Valeu pela força, Lafayette!
Tenho enviado algumas fotos para o www.ngbrasil.com.br, mas eles ainda não me deram ibope...
Também pretendo participar do concurso do CCBEU, se houver.
Um dia eu chego lá.

Abraço

Lafayette disse...

Esta foto (e fotos assim é que são incríveis) remetem a tudo antes de se saber.

Remeteu-me à campo de concentração nazista, à tumba, à IML, à ônibus e era só um barco do Marajó!

Parabéns!

Belenâmbulo disse...

Eita, imaginação fértil! Legal isso.

Valeu, Lafayette!

Lafayette disse...

Muito bacana. Parabéns!

A foto é muito, mas muito boa, mano!