quinta-feira, 4 de junho de 2009

Belenambulismo anônimo

Avenida Nazaré, quase esquina com a Doutor Moraes

A "Cara Anônima", comentarista assídua deste blog, enviou-me essa foto, impregnada de puro belenambulismo, enfermidade que acomete numerosos habitantes desta cidade desde muito tempo antes do nascimento do Belenâmbulo, evidenciada através de alguns sintomas típicos:
  • registrou mais um triste exemplo de descaso com nossos prédios de valor histórico
  • expôs o efeito antiestético dos horríveis fios - a obstruir os melhores ângulos de nossas paisagens urbanas - e dos outdoors estrategicamente mal-posicionados (esse assunto será abordado futuramente, numa postagem sobre o Código de Posturas)
  • fotografou de dentro do carro, durante um sinal fechado
Mande também a sua contribuição!

11 comentários:

Frederico Guerreiro disse...

Wagner, essa casa era de um velho amigo meu (Joãozinho), que não vejo há anos. Eu a conheci por dentro, até lá no cocoruto. A casa é anorme por dentro, com um pé direito bem alto, assoalho de madeira de lei, e uma divisão daquelas de ter porta de um quarto para o outro. Ah, e bem ventilada, que eu me recorde.
Cheguei a frenquentá-la há uns vinte e cinco anos. Éramos garotos, eu o Joãozinho e outros amigos que adoravam os finais de semana em Soure. Era ali a nossa base de encontro antes de sairmos para embarcar para a Ilha.
É uma pena que tudo acabe assim. Passo por ela no trânsito e a vejo como a minha memória de um passado cada vez mais distante, de uma juventude muito feliz. Uma memória que se vai apagando com o tempo.
Triste ruína, mas ainda assim me trazendo boas lembranças.

Aqui em Belém é assim: a memória da cidade só é conservada na lembrança de seus moradores. Pena que eu não sei pintar um quadro como Monet.

Belenâmbulo disse...

Poxa, Fred, que pena!
É incrível como conseguiram detonar o imóvel em tão pouco tempo.
Considere-se feliz por ter conhecido a casa e tantas outras coisas que você relata em seus comentários nostálgicos. Cheguei por aqui e não encontrei nada disso.

Ah... se tiver fotos antigas de Belém, e puder, e quiser, escanear e me mandar por e-mail, ficarei agradecido.

Abraço

Frederico Guerreiro disse...

Wagner, existe um cidadão - se não me falha a memória o nome dele é Zamba, e parace que é arquiteto - que publicou em um fórum do "skyscrapercity" uma bela coleção de fotos antigas de Belém. Acho é um dos maiores acervos em internet.
Contudo, já procurei agora mesmo, mas não consegui encontrar. Se achar de novo, te aviso, ok?
Abraço

Alex Lacerda disse...

Fala, meu amigo,
Tenho uma kodak easy share 1012, que foi misteriosmente quebrada aqui em casa, e a único local que sei que conserta me cobrou absurdos R$ 480,00.
Voce sabe de alguém que conserte maquinas digitais ? se souber, pode me passar o contato ?
Grande abraço.

Belenâmbulo disse...

Alex,
Imagino que vc tenha ido àquela loja na Santo Antônio, correto?
Bom... não sei de ninguém que conserte câmeras digitais, mas vou tuitar e ver se alguém responde.

Abraço

Yúdice Andrade disse...

Este final de semana só não fiz três registros desses porque, lamentavelmente, estava sem minha câmera. Mas ainda volto lá!

Belenâmbulo disse...

Yúdice,
Toda vez que saio sem o guarda-chuva, cai aquele toró. Toda vez que saio sem a câmera, pululam cenas interessantes.
Agora acho que aprendi: amarro um no outro, e sempre carrego esse "kit Belenâmbulo".

Abraço

Camilla Delduque disse...

Ninguém conserta câmara fotográfica melhor que o "seu" Fernando Brito: 8123. 5296
Se não der, falem com o Albany Lobo: 3081. 2882

Alex Lacerda disse...

A Camilla, muito obrigado, vou tentar, e não Wagner, levei na Gentil, quase esquina da Castelo, vou procurar a Santo Antonio também.
Abs.

Claudia disse...

Esse casarão é do arquiteto italiano Filinto Santoro, o mesmo arquiteto do Palacete Augusto Montenegro (Museu da UFPA), Colégio Gentil Bittencourt, Mercado de São Brás, IEP (Instituto de Educação do Pará, onde anteriormente abrigou a sede do Jornal A Província do Pará), entre outros.
Eu também entrei lá, quando estudante, para fazer levantamento. É belíssimo mesmo!

Belenâmbulo disse...

Valeu pelas informações, Cláudia,
É sempre bom ter comentaristas qualificados.

Abraço