segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

O transporte da família

Essa postagem marcou minha estreia no Trânsito Caótico de Belém, onde foi publicada há pouco.


Acho que ainda cabia mais um...


Metade da família se salva, o restante se ferra


É bom perder o medo desde pequenininho


Tudo correto, só faltou passar a criança para o banco de trás

4 comentários:

Tanto disse...

Acho engraçado esses transportes de moto, uma multidão montada que nem sei como se equilibra (já vi muitas fotos assim tiradas em paises dos mais pobres da África e leste europeu - o Brasil é do grupo ou quer ser?).

O mais engraçado e que esse povo transite por aí sem que nenhum tipo de fiscalização os veja! Nos falta muito, realmente!

Pacheco disse...

Vamos comemorar então!

Obrigado, Belê!

Estou com um muito material para postar e fotos para mandar para o teu blog, mas ando totalmente sem tempo mesmo.

Acho que no próximo fim de semana vai dar para postar...

Abraços.

Rudá! disse...

Triste realidade.

Belenâmbulo disse...

o que eu acho pior é o descaso com a segurança dos pequenos

Abraços a todos